blank

Dicas de banho e tosa de cães no inverno

Como ficam o banho e tosa de cães no inverno? O inverno traz com ele temperaturas mais baixas e os pelos dos cães são fundamentais para manter a temperatura corporal. Por isso, muitos tutores se perguntam: será que devo tosar meu cão durante o inverno? Qual é a frequência adequada de banhos?

Muitos tutores pensam que os cães precisam manter todo o pelo para se aquecerem das baixas temperaturas do inverno e, por isso, deixam de realizar todo e qualquer tipo de tosa durante esse período. Porém, isso não é necessariamente verdade.

blank

Deixar de tosar e escovar os pelos do seu pet no inverno fará com que o pelo dele fique muito embaraçado, o que pode expor o seu cão a mais umidade. Essa umidade extra, pode causar irritação na pele e, no final das contas, o seu tosador vai precisar cortar o pelo do seu cão em um comprimento muito curto, para retirar os fios embaraçados.

No caso dos cães de pelo curto, que requerem apenas tosas mínimas, uma boa ideia para proteger ele do frio é utilizar roupas. A seguir, vamos explicar como o inverno afeta os procedimentos de tosa nos cães e você vai conferir dicas de banho e tosa de cães no inverno.

Hora do banho

Realizar o banho e tosa dos cães no inverno é muito saudável para seu pet. Isso porque, se a pelagem do seu cão estiver limpa e bem cuidada, a chance dos pelos embaraçarem é menor do que se o seu pet estiver sujo.

O banho deve ser realizado com água morna e um xampu suave, que seja adequado para o tipo de pelo do cachorro.  Na maioria dos casos, é recomendado lavar o animal uma vez, enxaguar e depois lavar novamente.

Uma ótima dica é utilizar uma esponja de cozinha umedecida para aplicar o xampu no pelo do seu pet. Dessa forma, o shampoo e o condicionador são distribuídos de maneira mais uniforme.

Depois de enxaguar bem o animal, aplique um condicionador para cães para repor a oleosidade que você acabou de remover com o shampoo e facilitar a escovação dos pelos. O condicionador ajuda a manter a pele do seu cão mais hidratada no inverno.

Dica: guarde a esponja que você usa para lavar seu cão presa no frasco de shampoo, com um elástico. Assim você não corre o risco de confundir com a esponja de lavar a louça!

Seque o seu pet apertando e dando pequenas batidinhas com a toalha. Esfregar a toalha vai fazer com que o pelo embarace ainda mais. Você também pode usar um secador de cabelo, na configuração quente ou fria. Mantenha seu cão dentro de casa até que não haja mais nenhum sinal de umidade no pelo dele.

Cuidando dos ouvidos

Depois do banho, faça uma massagem nas orelhas do seu pet com algumas gotas de solução otológica específica para pets. Ao realizar essa limpeza pode retirar cera e detritos da orelha do seu cão, além de ajudar a secar qualquer água que possa ter entrado nas orelhas durante o banho.

Escovando os pelos

Depois do banho, também é muito importante escovar todo o pelo do seu cão, da raiz até as pontas, para remover nós e fios soltos. Para facilitar, você pode utilizar um spray desembaraçador para deixar os pelos ainda mais macios e soltinhos.

A maioria dos cães deve ser escovada várias vezes por semana, para evitar que os pelos embaracem. No inverno, é comum os cães soltarem mais pelos do que no resto do ano. Por isso, a escovação vai ajudar a manter os pelos longe dos tapetes.

Em caso de dúvidas, é recomendado pedir ao seu groomer, sugestões de escovas e pentes específicos que devem ser utilizados para escovar cães da raça do seu pet.

Limpezas rápidas

Lenços para pets podem ser uma ótima opção para limpar a sujeira na superfície das patas e áreas íntimas. Entre um banho e outro, caso seu pet necessite de uma limpeza rápida, você pode optar por utilizar um banho seco, que ajuda a manter seu pet limpo, de forma prática e rápida.

Preste atenção nas patas

Dependendo da superfície que entra em contato com as patas do seu cão, ele pode ter irritações nas patas. Para minimizar esse risco, você pode lavar as áreas afetadas com água morna e secando as patas após cada caminhada.

Também é importante verificar as unhas do seu cão com frequência. No inverno, se o seu animal de estimação for menos ativo, você pode reparar que as unhas crescem mais.

Ao contrário do que muitos pensam, os cuidados com a tosa do seu cão podem ser mais importantes no inverno do que em qualquer outra estação. Além disso, a convivência com o seu pet fica muito melhor quando ele está limpo e cheiroso, não é mesmo?

Outra dica para manter a saúde do seu pet é adotar uma alimentação natural. Quer saber como? Confira nosso post “Alimentação pet: Transição para alimentação natural”.

Cachorro em baixo do tapete
Chama no whats