No post anterior, você conferiu como iniciar a adaptação da decoração da sua casa quando um novo pet chegar na família.

Por isso, continue acompanhando nossa série de conteúdos sobre decoração pet friendly nas dicas a seguir:

Invista em tecidos laváveis

Muitas pessoas gostam de tapetes exuberantes em casa, mas o que ninguém conta é o trabalho que dá para limpar esse tipo de tapeçaria.


Assim, escolha tapetes em tecidos laváveis, como juta, algodão e sisal. 

Apesar da maioria dos cães que vivem dentro de casa iniciarem o treinamento muito cedo, acidentes podem e vão acontecer até que o filhote aprenda totalmente a fazer xixi e coco no local correto.


Outra sugestão é que móveis como tapetes, poltronas e almofadas sejam em tecidos que possam ser lavados e limpos sem grandes dificuldades.


Acostume o pet recém-chegado em áreas em que tenham pisos fáceis de limpar, pois até a fase final do adestramento, contratempos vão acontecer.

Embora você possa fechar cômodos quartos totalmente acarpetados, acidentes sempre podem acontecer.
Assim, o melhor a se fazer é trocar os tapetes e manter o pet em pisos de fácil limpeza.

Cuidado com cabos e fios

Segundo o site www.chewy.com, ocultar todos os cabos elétricos e de computadores é importante para evitar acidentes com os filhotes

Caso não seja possível ocultar, opte por gadgets que juntem e organizem os fios e cabos, como aquele que enrolam os fios em espiral.

Esses acessórios podem ser encontrados em lojas de artigos de construção e organização doméstica.

Este conselho também vale para os cabos cegos, que representam um risco de estrangulamento e devem ser levantados e retirados do alcance dos pets.

E aí, curtiu as primeiras dicas da nossa série de posts?
Então não deixe de acompanhar nossa série de conteúdos sobre decor pet friendly.
Chama no whats